Notícia

Bloquear o reflexo inflamatório pode ajudar a combater a sepse

Inibição da reação do sistema nervoso poderia reduzir mortalidade por sepse

Getty Images

Fonte

Universidade de Bolonha

Data

quinta-feira, 1 outubro 2020 10:25

Áreas

Medicina. Medicina Intensiva. Neurociências. Saúde Pública.

O bloqueio do reflexo inflamatório – processo pelo qual o sistema nervoso inibe a resposta inflamatória do corpo quando há uma infecção em andamento – pode ter efeitos benéficos no combate à sepse, uma condição particularmente perigosa que causa mais de 11 milhões de mortes por ano em todo o mundo. Esta é a conclusão de um estudo internacional publicado na revista Scientific Reports, que tem entre os autores o Dr. Davide Martelli, pesquisador do Departamento de Ciências Biomédicas e Neuromotoras da Universidade de Bolonha, na Itália.

Sepse é uma doença em que uma infecção grave se espalha por todo o corpo e é a principal causa de morte no mundo em unidades de terapia intensiva não coronariana, com taxas de letalidade que variam de 20% a 60% dependendo da gravidade.

Em pessoas com sepse, o sistema imunológico inicialmente reage à infecção com uma resposta inflamatória muito forte. Mas, após essa fase inicial, se a infecção não desaparecer, a doença progride e a tempestade inflamatória cessa, dando lugar a uma fase de imunossupressão: uma nova fase da doença que representa um período muito crítico, durante o qual muitos pacientes perdem a vida.

Diversas pesquisas realizadas nos últimos anos pelo professor Davide Martelli mostram que, durante esse processo, o sistema nervoso parece desempenhar um papel fundamental. Simplificando, poderíamos dizer que o cérebro “escuta” e “fala” com o sistema imunológico, influenciando seu comportamento.

“O sistema nervoso é capaz de influenciar o sistema imunológico por meio dos nervos simpáticos esplâncnicos, grandes nervos periféricos que ajudam a inervar os órgãos abdominais: durante as infecções, o cérebro envia sinais a esses nervos para inibir a resposta inflamatória do corpo. Na maioria das situações, esse ‘reflexo inflamatório’ é útil, pois evita reações excessivas do sistema imunológico que podem ser perigosas para o paciente, mas em doenças críticas como a sepse pode ser prejudicial”, explicou o Dr. Martelli.

Partindo dessa hipótese, os pesquisadores demonstraram então que, em um modelo de sepse de ovinos clinicamente relevante, o bloqueio do reflexo inflamatório resulta em um efeito benéfico significativo para o animal. As ovelhas sem o reflexo inflamatório, graças ao poder de seu sistema imunológico inato não “travado” pelo sistema nervoso, foram de fato capazes de remover as bactérias do sangue em 90 minutos após o início da infecção, voltando perfeitamente ao estado saudável em muito pouco tempo. Para ovelhas nas quais o reflexo inflamatório permaneceu funcional, a bactéria persistiu no sangue por até mais de dois dias.

“Um reflexo inflamatório que persiste por vários dias pode prejudicar a capacidade de defesa contra patógenos, contribuindo para aquela fase de imunossupressão que é particularmente perigosa nos casos de sepse. Os resultados que obtivemos mostram, portanto, que ações que permitam bloquear o reflexo inflamatório em tempo oportuno podem levar a benefícios significativos do ponto de vista terapêutico”, concluiu o Dr. Davide Martelli.

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na Universidade de Bolonha (em italiano).

Fonte: UNIBO Magazine, Universidade de Bolonha. Imagem: Getty Images.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account