Destaque

Hospital da Rede Ebserh/MEC em Uberaba inicia cirurgias ortopédicas com programação em modelo 3D

Fonte

Ebserh/MEC | Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares

Data

terça-feira. 4 janeiro 2022 16:45

O Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM), vinculado à Rede Ebserh/MEC, deu início à utilização de réplicas de ossos produzidas em impressão tridimensional (3D), como recurso para tornar as cirurgias ortopédicas mais precisas, rápidas e seguras na instituição. As réplicas em polímero são criadas a partir de tomografias do paciente, coincidindo em formato e tamanho com o osso a ser operado e permitem à equipe médica testar previamente a efetividade da técnica pretendida.

“A peça retrata qual é a deformidade a ser corrigida. A programação da técnica cirúrgica é feita primeiro pelo computador, com simulação em modelo 3D gerado pelas tomografias, e depois na réplica, de modo a verificar se a intervenção planejada pode ser resolutiva para aquele caso”, explicou o ortopedista Adriano Ferreira, que teve a ideia de inserir essa tecnologia no HC-UFTM e buscou junto ao curso de Engenharia Mecânica da UFTM apoio para produção do material.

O Dr. Adriano Ferreira informou que essa inovação já é adotada nos grandes centros nacionais de Ortopedia, e que a programação das cirurgias ortopédicas em modelo 3D continuará acontecendo no Hospital de Clínicas, privilegiando casos mais complexos. A primeira cirurgia foi realizada no último dia 13 de dezembro em um adolescente de 16 anos, morador de Araxá (MG), para correção de uma deformidade no fêmur esquerdo causada por uma displasia fibrosa (doença caracterizada pela substituição gradativa do osso normal por uma proliferação de tecido conjuntivo). A cirurgia foi bem-sucedida e o paciente se recupera positivamente.

“Cada caso de displasia fibrosa é único. Não existe procedimento padronizado para esse tipo de intervenção. A simulação da técnica em uma peça idêntica ao osso original trouxe uma precisão enorme para a cirurgia, ficando mais rápida e diminuindo o desgaste do paciente durante o procedimento, o que também significa maior segurança”, avalia o ortopedista.

Parceiro na iniciativa de produção do modelo em 3D, o professor Dr. Marcos Massao Shimano disse que o custo do material utilizado é baixo, sendo possível, com apenas um quilo de filamento de polímero, imprimir até vinte réplicas como a utilizada no planejamento dessa primeira cirurgia. “O trabalho prévio à impressão, entretanto, levou três meses de estudos. Testamos diversos programas de computador para converter as imagens de maneira exata. Por fim, utilizamos dois softwares de licença livre”, detalha o pesquisador, estimando que a produção das próximas peças deva levar menos tempo: “em torno de um mês, uma vez que os programas adequados para a tarefa já foram escolhidos”.

Para o professor Shimano, a cooperação entre a área acadêmica de Engenharia e o Hospital de Clínicas é interessante tanto para atender às necessidades da prática, melhorando o padrão das cirurgias e a segurança do paciente, quanto para oportunizar a construção de conhecimentos e estimular a inovação. O aluno Mateus Viana Silva, do curso de Engenharia Mecânica, participou ativamente do processo de criação da primeira réplica, tendo sido para isso estabelecido um projeto de iniciação científica.

“Em um próximo passo, pensamos em imprimir também ligamentos e outros tecidos úteis para a programação de cirurgias ortopédicas, assim como órgãos diversos que possam servir a outras especialidades do hospital”, conclui o professor.

Acesse a notícia completa na página da Ebserh/MEC.

Fonte: Rede Ebserh/MEC.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account