Notícia

Cientistas alemães testam válvulas cardíacas em bancada de última geração

Nova bancada de testes de válvulas cardíacas do Instituto de Tecnologia de Implantes e Biomateriais da Universidade Rostock aumenta confiabilidade com condições mas realistas

Julia Tetzke, Universidade Rostock

Fonte

Universidade Rostock

Data

quarta-feira, 6 março 2019 11:05

Áreas

Biomateriais. Próteses. Cardiologia. CIrugia Cardíaca.

A tecnologia ajuda a curar. Mas antes que um implante possa ser colocado no corpo humano, ele precisa ser intensamente testado, caso contrário, o risco para o paciente é muito grande. Por exemplo, válvulas cardíacas artificiais e enxertos vasculares, os chamados stents, necessitam de testes. Tais testes estão sendo desenvolvidos no Instituto de Tecnologia de Implantes e Biomateriais (IIB) da Universidade Rostock, na Alemanha. Estes implantes são testados de acordo com os padrões mais recentes e com elevado grau de exigência. Dispositivos médicos de empresas internacionais, incluindo implantes da Ásia e dos Estados Unidos, estão sendo examinados e avaliados no IIB.

O laboratório de última geração da Universidade Rostock foi recentemente equipado com uma bancada de testes de válvulas cardíacas. “A bancada possui a tecnologia mais recente disponível no mundo para testar válvulas cardíacas”, diz o diretor do Instituto, professor Dr. Klaus-Peter Schmitz. A qualidade do fluxo sanguíneo através da válvula é medida e avaliada para evitar a formação de coágulos sanguíneos. Com essa nova técnica, a função do coração pode ser modelada em condições de laboratório. Por exemplo, novas próteses valvares cardíacas que passarem por todos os testes no laboratório podem ser usadas prontamente na clínica para o benefício dos pacientes, afirmam os pesquisadores.

O IIB, que atua como um centro de competência para a tecnologia médica, possui equipamentos globalmente competitivos, o que beneficia particularmente a economia daquela região da Alemanha  “Nossos resultados de pesquisa fluem diretamente para a economia regional”, enfatiza a Diretora do Instituto, Dra. Andrea Bock.

Acesse a notícia completa na página da Universidade Rostock (em alemão).

Fonte: Wolfgang Thiel, Universidade Rostock. Imagem: Julia Tetzke, Universidade Rostock.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account