Notícia

Pele eletrônica pode ajudar pessoas com deficiências

Pesquisador está desenvolvendo tecnologia vestível que pode ser usada para controlar dispositivos, receber informações e até registrar sensações

Fonte

Universidade de Sydney

Data

segunda-feira, 15 julho 2019 12:55

Áreas

Bioeletrônica. Bioinformática.

Os botões virtuais, também chamados de soft keys, estão em smartphones, caixas eletrônicos e monitores de computador, fazendo o trabalho de botões, embora sejam apenas uma imagem. Os botões virtuais são úteis e eficientes, a menos que você tenha problemas de visão, porque neste caso não consegue senti-los.

O Dr. Anusha Withana procura soluções em uma das áreas de mais rápido crescimento da pesquisa científica: a pele eletrônica. “Minha pesquisa é sobre a criação de interfaces combinadas”, diz o professor da Faculdade de Ciência da Computação da Universidade de Sydney, na Austrália. “Isso significa tecnologia que pode ser usada sem ser notada”, destaca o pesquisador. Por exemplo, poderia ajudar a pessoas com deficiência visual a sentir os botões virtuais.

Tecnologia vestível

Trabalhando com colegas, o professor Withana está desenvolvendo uma fita adesiva super-fina e hiperflexível que pode ter circuitos eletrônicos impressos. Uma vez aplicadas, as pessoas podem usá-las para controlar dispositivos, receber informações e, principalmente, registrar sensações por meio de vibrações semelhantes a telefones celulares. Isso poderia ter benefícios em robótica, educação, jogos e para pessoas com deficiências.

Uma vantagem adicional da informação tátil é que ela não distrai as pessoas da mesma forma que as informações visuais ou auditivas. Como o professor Withana salienta, “algumas pessoas com deficiência visual preferem não receber informações através do som, porque essa é a conexão delas com o mundo. Se a informação chegar a eles de maneira tátil, melhor”.

Tatoo High-Tech

Para esse fim, o Dr. Anusha Withana, em conjunto com uma equipe na Alemanha, desenvolve uma “falsa tatuagem”eletrônica imprimível chamada Tacttoo, que pode ser personalizada para necessidades específicas. O Tacttoo é impresso com um circuito feito de tintas condutoras baseadas em polímeros que podem se esticar e se mover com a pele, enquanto todas as conexões entre a pele e os componentes eletrônicos são impressas em tinta prateada.
A interface tem apenas metade da espessura de um fio de cabelo humano, tornando-o o dispositivo tátil mais fino até o momento, e tão fino que não interfere na sensação normal do toque. Tacttoos também são baratos: produzidos em massa, o conteúdo do material poderia custar menos de 1 centavo de dólar.

“Queremos que as pessoas possam usá-lo hoje e removê-lo amanhã – e queremos que as pessoas possam criá-lo sozinhas”, diz o Dr. Withana. “Um objetivo mais amplo é permitir que pessoas com deficiência visual explorem informações gráficas e compreendam mais completamente objetos em museus e parques. Isso é algo que estamos desenvolvendo com uma equipe da Universidade Monash ”, conclui o pesquisador.

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Sydney (em inglês).

Fonte: Universidade de Sydney. Imagem: Divulgação.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account