Notícia

Música desenvolve a linguagem falada de crianças com deficiência auditiva

Empregar música na educação infantil e na educação básica beneficia a todos e salvaguarda o direito à aprendizagem de alta qualidade para crianças com distúrbios de linguagem

Freepik

Fonte

Universidade de Helsinque

Data

terça-feira, 2 julho 2019 13:50

Áreas

Fonoaudiologia. Neurociências.

Pesquisadoras finlandesas compilaram diretrizes (para uso internacional) de utilização da música como apoio no desenvolvimento da linguagem falada. As diretrizes são adequadas para os pais de crianças com deficiências auditivas, provedores de educação infantil, professores, fonoaudiólogos e outros reabilitadores de crianças com deficiência auditiva, bem como para os próprios deficientes auditivos.

Ao desenvolver um curso de música projetado para crianças usando um implante coclear, a professora de Logopedia e Fonoaudióloga da Universidade de Helsinque, na Finlândia, Dra. Ritva Torppa notou que a música, especialmente o canto, beneficia o cérebro de crianças com deficiência auditiva e sua linguagem falada. O objetivo da música é melhorar a percepção da fala e da linguagem falada.

Em um artigo publicado na revista científica Hearing Research, a professora RitvaTorppa e a pesquisadora da Unidade de Pesquisa Cognitiva Cerebral Dra. Minna Huotilainen reuniram suas próprias descobertas e as de outros pesquisadores que demonstram que as atividades musicais desenvolvem a percepção da prosódia das crianças, como variação de ritmo e tom e linguagem falada.

“Essas habilidades facilitam a vida das crianças”, explica a Dra. Ritva Torppa. “Escutar a fala, por exemplo, em ambientes com sons, torna-se menos estressante, ao mesmo tempo em que se comunicar com os outros e absorver informações na escola e na vida cotidiana também se torna mais fácil”.

Utilizar música na educação pode beneficiar todos

A Dra. Minna Huotilainen enfatiza o princípio da igualdade. Empregar música na educação infantil e na educação básica beneficia a todos e salvaguarda o direito à aprendizagem de alta qualidade para crianças com distúrbios de linguagem, aqueles que aprendem finlandês como segunda língua e crianças com deficiências de desenvolvimento.

“O uso de métodos musicais no ensino intensifica o aprendizado e está alinhado com os resultados da mais recente pesquisa sobre o cérebro”, observa a especialista.

Segundo ela, a música também dá a cada criança e jovem uma voz própria, um canal de auto-expressão e a chance de ser ouvido. A Dra. Minna Huotilainen espera que as habilidades musicais sejam mais bem reconhecidas na formação de educadores da primeira infância e professores de educação básica.

As diretrizes básicas para o uso da música estão incluídas no artigo científico e estão disponíveis em finlandês na página da rede Cicero Learning. Segundo as pesquisadoras, as diretrizes são adequadas para todos, independentemente do tipo de deficiência auditiva.

Acesse a página da rede Cicero Learning (em inglês).

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Helsinque (em inglês).

Fonte: Mari Peltonen, Universidade de Helsinque. Imagem: Freepik.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account