Notícia

Pesquisadores criam banco de dados online para auxiliar no transplante de órgãos

O banco de dados é parte de pesquisa de doutorado na Renorbio

Divulgação, IFPI

Fonte

IFPI | Instituto Federal do Piauí

Data

quarta-feira, 3 julho 2019 12:00

Áreas

Bioinformática. Imunologia.

O professor Ricardo Ramos e o estudante Jhonatan Matheus, do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Campus Teresina Central do Instituto Federal do Piauí (IFPI), criaram um banco de dados online que permite auxiliar o processo de transplante de órgãos sólidos. O trabalho foi desenvolvido em parceria com pesquisadores da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

O banco de dados é parte da pesquisa de doutorado da aluna Deylane Teles, desenvolvida no Programa de Doutorado em Biotecnologia – Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO) – da Universidade Federal do Piauí (UFPI), sob a orientação do professor Dr. Adalberto Socorro.

Chamado de pHLA3D, o banco de dados online está disponível no endereço eletrônico http://www.phla3d.com.br. O banco conta com 106 modelos de proteínas HLA Classe I, proteínas envolvidas diretamente no processo de transplante de órgãos.

“O pHLA3D contém informações das estruturas tridimensionais (3D) dos modelos de HLA Classe I, permitindo que a comunidade de imunologistas e imunogeneticistas tome decisões com o objetivo de diminuir o risco de rejeição no processo de transplante de órgãos, salvando milhares de vidas no mundo”, explica o professor Ricardo Ramos.

Os modelos disponibilizados foram criados por meio da Bioinformática Estrutural, área na qual Ricardo Ramos tem doutorado. O pesquisador explica que essa área emprega ferramentas computacionais, de um ponto de vista tridimensional, no estudo de problemas e questões biológicas, abrangendo também as aplicações relacionadas à saúde humana. A determinação da estrutura 3D de uma dada proteína representa etapa fundamental para o entendimento de sua função e de seu mecanismo de ação”, conta. Na criação do pHLA3D, foram utilizadas as ferramentas Modeller (modelagem comparativa ou por homologia), o servidor GalaxyRefine,  Swiss-PDB Viewer e o servidor Dali.

O estudo foi publicado na revista científica Human Immunology, especializada na área, com o título “pHLA3D: An online database of predicted three-dimensional structures of HLA molecules”. O processo de registro de software já está em andamento pelo Núcleo de Inovação e Transferência Tecnológica (NINTEC) da UFPI.

O estudo para desenvolvimento do pHLA3D é uma parceria do Laboratório de Pesquisa em Sistemas de Informação (LaPeSI) do IFPI com o Laboratório de Imunogenética e Biologia Molecular (LIB) da UFPI e do Grupo de Pesquisa em Química Quântica Computacional e Planejamento de Fármacos (GPQQC&PF) da UESPI.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página do IFPI.

Fonte: Instituto Federal do Piauí. Imagem: Divulgação, IFPI.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account