Notícia

Nova tecnologia pode acelerar trabalho de patologistas

Pesquisadores também estão trabalhando em novos processos de gerenciamento de dados

Divulgação, Universidade de Queensland

Fonte

Universidade de Queensland

Data

sábado, 10 novembro 2018 07:05

Áreas

Biomedicina. Patologia. Testes Diagnósticos.

Uma tecnologia de varredura rápida de precisão para acelerar diagnósticos médicos e auxiliar o número reduzido de patologistas na Austrália está sendo desenvolvida na Universidade de Queensland. A equipe de Patologia Digital da Universidade está trabalhando para substituir as lâminas de vidro por slides digitais para análise, distribuição e armazenamento mais rápidos.

O pesquisador Dr. Arnold Wiliem disse que quase 70 por cento dos diagnósticos médicos foram feitos a partir de testes de patologia, e as mudanças poderiam revolucionar os laboratórios australianos. “O ritmo com que a Austrália pode treinar patologistas é muito mais lento do que o aumento no uso dos serviços de patologia”, afirmou o pesquisador.

Os resultados do projeto também podem ter aplicações em imunologia, histopatologia e microbiologia. Um sistema de digitalização totalmente automatizado para testes de imunologia já foi implantado e está em uso em um laboratório de patologia australiano.

Os pesquisadores também estão trabalhando em novos processos de gerenciamento de dados e tecnologias de entrega para permitir que as imagens digitalizadas sejam armazenados indefinidamente, criando um banco de dados com potencial para outras pesquisas e também para educação.

A equipe – liderada pelo Dr. Brian Lovell, da Universidade de Queensland – usa métodos de visão computacional, aprendizado de máquina e reconhecimento de padrões para criar sistemas de diagnóstico auxiliado por computador. O grupo está usando o mais novo computador de alto desempenho do Centro de Computação para Pesquisas da Universidade de Queensland. “O computador é equipado com as unidades de processamento gráfico (GPUs) mais poderosas do mundo, permitindo-nos treinar vários modelos de aprendizado de máquina usando grandes conjuntos de dados”, explica o Dr. Wiliem.

A startup Viscient Pty Ltd continuará o processo de implantação e fornecerá suporte contínuo às tecnologias desenvolvidas a partir do projeto.

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Queensland (em inglês).

Fonte: Departamento de Comunicações, Universidade de Queensland. Imagem: Divulgação.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account