Notícia

Eliminar bactéria H. pylori pode reduzir em até 75% risco de câncer gástrico

A bactéria pode causar úlceras e outros problemas gastrointestinais, mas não causa problemas na maioria das pessoas, e muitas pessoas não sabem que têm

Divulgação

Fonte

Universidade da Pensilvânia

Data

terça-feira, 19 novembro 2019 11:10

Áreas

Medicina. Gastroenterologia. Oncologia.

Embora a comunidade médica saiba que existe uma ligação entre a bactéria Helicobacter pylori (H. pylori) e as taxas de câncer gástrico – comumente referido como câncer de estômago -, as taxas e riscos têm sido pouco estudados. Recentemente, depois de analisar registros de quase 400.000 pacientes, pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, descobriram que a eliminação bem-sucedida de H. pylori do trato gastrointestinal levou a uma redução de 75% no risco de câncer gástrico. Os pesquisadores também descobriram que as taxas de câncer gástrico após a detecção da infecção por H. pylori são mais altas entre populações específicas, sugerindo que as pessoas que se enquadram nesses grupos poderiam se beneficiar de um monitoramento mais cuidadoso. O estudo foi publicado na revista científica Gastroenterology.

Estima-se que a H. pylori infecte metade da população do mundo, em grande parte na região leste do mundo. A bactéria pode causar úlceras e outros problemas gastrointestinais, mas não causa problemas na maioria das pessoas, e muitas pessoas não sabem que têm.

“O problema era que todas as pesquisas nos Estados Unidos costumavam estudar câncer gástrico e determinar o risco de desenvolver a doença e não levavam em conta a infecção por H. pylori, e estudos em todo o mundo mostraram que essa infecção é realmente o principal fator de risco para esse tipo de câncer ”, diz a autora principal do estudo, Dra. Shria Kumar, pesquisadora da divisão de Gastroenterologia da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia.

A equipe de pesquisa descobriu que afro-americanos, asiáticos, hispânicos e latino-americanos, indígenas americanos e inuits têm um risco significativamente maior de infecção por H. pylori e de desenvolver câncer gástrico. Os riscos, quando comparados à população em geral, também são maiores entre os homens, aqueles que fumam e entre aqueles cuja infecção pelo H. pylori é detectada em uma idade mais avançada.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade da Pensilvânia (em inglês).

Fonte: Alex Gardner, Universidade da Pensilvânia. Imagem: Ilustração 3D da bactéria Helicobacter pylori. Fonte: Divulgação.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account