Notícia

BrainPark: um espaço que une ciência, tecnologia, tratamento, estilo de vida e arte

Espaço criado na Universidade Monash, na Austrália, é uma proposta inovadora no tratamento de comportamentos compulsivos

Divulgação, Universidade Monash

Fonte

Universidade Monash

Data

segunda-feira, 10 setembro 2018 11:20

Áreas

Neurologia. Psiquiatria. Psicologia. Arte e Tecnologia.

Os australianos têm uma das maiores taxas de vícios e transtornos compulsivos do mundo, mas a maioria não procura tratamento. Parte do problema dos tratamentos convencionais é que eles não usam o conhecimento mais recente em ciências cerebrais para abordar os sistemas cerebrais que conduzem o comportamento, concentrando-se mais na substância ou comportamento em si – como álcool, fumo ou jogos de azar. O BrainPark da Universidade Monash, na Austrália, é o primeiro centro de pesquisa do mundo a adotar abordagens alternativas para o tratamento de comportamentos compulsivos, como o TOC e o vício.

O BrainPark se concentrará em modificar os impulsos neurológicos, psicológicos e ambientais subjacentes aos comportamentos compulsivos. Os programas de pesquisa do BrainPark desenvolverão intervenções acessíveis baseadas em estilo de vida e tecnologia em cinco atividades principais, cada uma escolhida por seu forte potencial terapêutico e acessibilidade:

Realidade virtual terapêutica
Exercício físico
Meditação
Estimulação cerebral
Treinamento cognitivo

Os cientistas e profissionais de saúde do BrainPark, utilizando as instalações de imagens biomédicas de última geração da Universidade Monash, permitirão a integração perfeita da neurociência e imagens médicas para determinar como essas intervenções mudam o cérebro e para quem elas são mais efetivas.

O diretor do BrainPark, o Dr. Murat Yücel,  professor da Universidade Monash, afirmou que a instalação trará mudanças transformacionais em como vícios e transtornos compulsivos são experimentados, diagnosticados e tratados: “Usaremos a neurociência para criar hábitos, cérebros e estilos de vida saudáveis, com foco no fortalecimento e bem-estar, não apenas na doença. Espera-se que essas intervenções integradas quebrem o ciclo de dependência e transtornos compulsivos e acelerem os resultados psicológicos de uma maneira que nunca foi possível antes.”

O BrainPark é resultado do investimento filantrópico do Fundo David Winston Turner, do apoio do Instituto de Neurociências Cognitivas e Clínicas da Universidade Monash e do Centro de Imagens Biomédicas da Universidade.

Acesse a notícia completa na página da Universidade Monash (em inglês).

Fonte: Universidade Monash. Image: Divulgação, Universidade Monash.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account