Destaque

Na Nova Zelândia, startup recebe aprovação da FDA de dispositivo não invasivo para o diagnóstico de distúrbios intestinais

Fonte

Universidade de Auckland

Data

quinta-feira. 23 junho 2022 18:05

A startup Alimetry, iniciada no Instituto de Bioengenharia (ABI) e na Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde (FMHS) da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, recebeu a aprovação da agência regulatória FDA para um dispositivo não invasivo para o diagnóstico de distúrbios intestinais.

“A solução é um avanço genuíno e inédito na indústria em diagnósticos intestinais”, disse o professor Dr. Greg O’Grady, CEO e cofundador da Alimetry, que também é cirurgião geral e gastrointestinal e pesquisador da FMHS e do ABI da Universidade de Auckland.

A tecnologia exclusiva da Alimetry aproveita o poder da eletrônica extensível, vestíveis, saúde digital e análise baseada em nuvem para fornecer uma ferramenta de diagnóstico completamente não invasiva. Usado sobre o estômago, o dispositivo consiste em uma matriz extensível contendo eletrodos que coletam dados detectando de forma não invasiva a atividade do estômago a partir da superfície do corpo.

Fonte: Alimetry via Universidade de Auckland

O teste é realizado em ambiente clínico. Os registros são feitos antes e depois de uma refeição, enquanto os pacientes registram simultaneamente seus sintomas no aplicativo. O sistema realiza um registro de alta resolução dos padrões digestivos da superfície da pele e fornece relatórios clínicos via nuvem para informar o diagnóstico de doenças gástricas e terapia adequada.

O sistema é eficaz no diagnóstico de distúrbios estomacais comuns, incluindo náuseas e vômitos, gastroparesia e dispepsia funcional, os distúrbios gástricos que afetam uma em cada dez pessoas do mundo e custam bilhões de dólares em despesas de saúde.

“Diagnosticar sintomas gástricos tem sido um problema clínico profundamente desafiador. Os testes existentes são frequentemente não confiáveis ​​e inconclusivos, e os pacientes podem passar meses ou até anos de testes – geralmente caros, invasivos ou envolvendo radiação”, disse o Dr. Greg O’Grady.

O dispositivo da Alimetry é o resultado de uma década de ciência e inovação desenvolvidas por uma equipe interdisciplinar de médicos, engenheiros, bioengenheiros, designers e cientistas. A empresa foi desmembrada da Universidade em 2019 com o apoio da Auckland UniServices e é apoiada pelo Fundo de Inventores da Universidade de Auckland.

Grande parte do trabalho da Alimetry foi sustentado por anos de pesquisa dos membros do grupo de pesquisa gastrointestinal da ABI.

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Auckland.

Fonte: Margo White, Universidade de Auckland. Imagem: Alimetry via Universidade de Auckland.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account