Notícia

Tumores de próstata podem ser “alimentados” por ácidos graxos

Homens que consomem mais ácidos graxos saturados podem ter câncer de próstata mais agressivo

 

Dra. Renea Taylor e Dr. Matthew Watt

Fonte

Universidade de Melbourne

Data

sábado, 9 fevereiro 2019 18:15

Áreas

Biologia. Bioquímica. Medicina. Oncologia.

Um estudo internacional multidisciplinar iniciado por cientistas da Universidade de Melbourne, na Austrália, mostrou uma ligação entre o câncer de próstata e a absorção de ácidos graxos pelas células cancerígenas. Os resultados apontam para um possível alvo terapêutico para este tipo de câncer.

O câncer de próstata é o segundo câncer mais diagnosticado em homens, respondendo por 15% dos diagnósticos de câncer masculino e 8% de todos os casos de câncer.

A Dra. Renea Taylor, vice-diretora do Programa de Câncer da Universidade Monash, e o Dr. Matthew Watt, chefe do Departamento de Fisiologia da Universidade de Melbourne, ambas na Austrália, co-lideraram um programa de pesquisa que investigou o metabolismo do câncer, procurando fontes de combustível para determinados cânceres. O estudo identificou que os ácidos graxos podem ser uma fonte importante de tumores de próstata.

A Dra. Renea Taylor explicou: “Há uma forte ligação entre obesidade, dieta e resultados ruins em homens que desenvolvem câncer de próstata. Em particular, aqueles homens que consomem mais ácidos graxos saturados parecem ter câncer mais agressivo”. Os pesquisadores descobriram que os ácidos graxos são absorvidos pelas células do câncer de próstata e aumentam o crescimento do tumor. Eles então bloquearam a absorção de ácidos graxos ao excluir geneticamente o transportador chave de ácidos graxos e mostraram que poderiam retardar o desenvolvimento do câncer.

A chave para a descoberta foi a combinação da experiência do professor Watt como pesquisador especializado em metabolismo com a experiência da professora Renea, bióloga especializada em câncer  e com acesso a amostras de tecidos com tumores.

O professor Watt disse: “Nós sabemos há muitos anos que o metabolismo disfuncional dos ácidos graxos está ligado a muitas doenças crônicas. Aplicar esse conhecimento ao câncer e fornecer evidências para desenvolver uma terapia para tratar uma doença que afeta muitos homens é profundamente satisfatório. ”

O Dr. Mathew Watt disse que o principal desafio clínico no campo é impedir a progressão de doenças agressivas. Os resultados do estudo foram publicados na revista científica Science Translational Medicine.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Melbourne (em inglês).

Fonte: Kathryn Powley, Universidade de Melbourne. Imagem: Imagem com coloração H&E mostrando adipócitos (formas ovais brancas que armazenam grandes quantidades de ácidos graxos) em contato íntimo com o câncer de próstata. Fonte: Dra. Renea Taylor e Dr. Matthew Watt.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account