Notícia

Ressonância magnética pode identificar reações adversas em tecidos moles após artroplastia de recapeamento de quadril mesmo em pacientes assintomáticos

Pesquisadores do ‘Hospital for Special Surgery’, nos Estados Unidos, avaliaram 206 pacientes em estudo longitudinal prospectivo

Pixabay

Fonte

HSS | Hospital for Special Surgery

Data

sexta-feira, 9 julho 2021 09:50

Áreas

Imagens e Diagnóstico. Medicina. Ortopedia.

Imagens de ressonância magnética (MRI) identificaram reações adversas em pacientes que receberam prótese de quadril, mesmo entre aqueles que responderam bem à cirurgia e não apresentavam sintomas, de acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores do Hospital for Special Surgery (HSS), nos Estados Unidos. Os resultados sugerem que a MRI é uma ferramenta diagnóstica capaz de avaliar complicações dos tecidos moles do entorno e que o uso da MRI deve ser incluído como parte do protocolo de acompanhamento de rotina para pacientes submetidos à artroplastia de quadril, já que é uma avaliação clínica isolada anual dependente de pesquisa ou teste de detecção de metal no sangue pode não caracterizar complicações.

O estudo, publicado na revista científica Clinical Orthopaedics and Related Research, é o primeiro a avaliar a presença e o risco de complicações teciduais locais após cirurgias de prótese de quadril de diferentes materiais, incluindo pacientes assintomáticos. Estudos anteriores foram limitados a implantes de metal sobre metal.

Os componentes da prótese de quadril são produzidos a partir de polímeros, cerâmica, metal ou uma combinação desses materiais. Os componentes possuem mobilidade relativa e normalmente se desgastam lentamente com o tempo. Pequenas partículas provenientes deste desgaste (debris) podem se soltar do material da prótese ao longo do tempo e danificar os tecidos articulares locais. A ressonância magnética é frequentemente usada em ortopedia para visualizar como os tecidos moles ao redor das artroplastias totais do quadril são afetados pelas pequenas partículas de desgaste.

“Descobrimos que os pacientes podem estar completamente assintomáticos e ter altas pontuações de quadril, ao mesmo tempo em que se manifestam reações que podem começar a danificar os tecidos moles ao redor do quadril”, disse a Dra. Hollis G. Potter, chefe do Departamento de Radiologia e Imagem do HSS e autora sênior do estudo. “Essa descoberta é importante porque as reações dos tecidos geralmente pioram com o tempo. O atraso na detecção resulta em dor desnecessária, operações de revisão mais longas, complexas e com recuperações pós-operatórias prolongadas”, destacou a especialista.

“O estudo também indica que a ressonância magnética é clinicamente útil para pacientes que recebem um implante de cerâmica sobre polietileno ou metal sobre polietileno, além de pacientes que receberam uma artroplastia de recapeamento [ou resurfacing] de quadril ”, disse o Dr. Matthew Koff, autor principal do estudo.

Em estudo longitudinal prospectivo, foram avaliados 206 pacientes (243 substituições de quadril) pelo menos um ano após a artroplastia de recapeamento de quadril ou artroplastia total de quadril. Os pesquisadores examinaram o volume de tecido articular com reação usando imagens de ressonância magnética, os níveis de partículas de metal no sangue e as respostas dos pacientes em uma pesquisa chamada Hip Disability and Osteoartritis Outcome Score, conduzida anualmente ao longo de 3 anos. Os pesquisadores compararam os resultados de pacientes que foram submetidos à artroplastia de recapeamento do quadril com pacientes que receberam próteses totais do quadril de cerâmica sobre polietileno e metal sobre polietileno.

Durante o estudo, a ressonância magnética identificou reações adversas nos tecidos locais em 25% dos pacientes submetidos à artroplastia de recapeamento do quadril. Esse achado foi surpreendente, uma vez que esses pacientes relataram sintomas semelhantes ou menos graves do que os pacientes com implantes de próteses totais de quadril de cerâmica sobre polietileno e metal sobre polietileno. Os pacientes que receberam artroplastia de recapeamento do quadril tiveram um volume significativamente maior de reação do tecido da articulação na ressonância magnética, um risco quase cinco vezes maior de complicações teciduais em relação aos pacientes que receberam prótese total do quadril de cerâmica sobre polietileno. Os níveis de íons metálicos ficaram elevados de forma inconsistente nos pacientes com essas reações.

“Ao compartilhar nossas descobertas, esperamos que os especialistas comecem a incorporar ressonâncias magnéticas nas avaliações dos pacientes, levando à detecção precoce de problemas e melhores resultados para os pacientes. O aumento do uso de ressonância magnética para avaliar danos aos tecidos moles também pode ajudar a identificar padrões que podem, em última análise, melhorar o design dos implantes no futuro”, concluiu a Dra. Hollis Potter.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página do Hospital for Special Surgery (em inglês).

Fonte: Hospital for Special Surgery. Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account