Notícia

Pesquisa ‘reprograma’ células cerebrais em busca de nova terapia para pacientes que sofreram AVC

Nos experimentos em laboratório, camundongos com células reprogramadas mostraram recuperação contínua pós-AVC

Pixabay

Fonte

Universidade de Toronto

Data

quinta-feira, 3 junho 2021 06:00

Áreas

Biologia. Medicina. Neurociências. Saúde Pública.

Será que a “reprogramação” do cérebro em nível celular pode ajudar as pessoas a se recuperarem de derrames de modo mais rápido e efetivo? Uma pesquisadora da Faculdade de Medicina da Universidade de Toronto, no Canadá, pretende descobrir.

Os acidentes vasculares cerebrais (AVCs) – popularmente conhecidos como derrames – acontecem quando o fluxo sanguíneo para alguma região do cérebro é interrompido por obstrução (AVC isquêmico) ou por rompimento de um vaso sanguíneo (AVC hemorrágico), podendo causar danos irreversíveis aos neurônios. Uma parte significativa das pessoas que sofrem um AVC ficará com deficiências ao longo da vida em relação às suas capacidades de se mover, comer ou se comunicar.

Pesquisa da Dra. Maryam Faiz, neurocientista e professora do Departamento de Cirurgia da Universidade de Toronto que estuda a reprogramação neuronal, sugere um novo tipo de terapia para a recuperação pós-AVC. A pesquisadora diz que os astrócitos – uma rede de células que ela compara a “um céu noturno” -desempenham um papel importante nos circuitos do cérebro. Com a reprogramação, “os astrócitos poderiam ser convertidos em neurônios para repor as células perdidas no AVC, o que poderia ser uma nova estratégia de reparo neural”, disse a neurocientista, acrescentando que, em laboratório, a técnica mostrou bons resultados em camundongos com problemas de mobilidade e marcha pós-AVC. “Após a reprogramação, essas habilidades se recuperaram ao nível de um animal ileso”, destacou a Dra. Faiz.

As intervenções atuais de recuperação de AVC são sensíveis ao tempo, com os maiores ganhos ocorrendo nas horas que se seguem ao AVC. Nos experimentos da Dra. Faiz, no entanto, camundongos com células reprogramadas mostraram recuperação contínua, mesmo na marca de nove semanas. Nesses experimentos, os pesquisadores administraram a reprogramação aos camundongos uma semana após os derrames.

“Observamos a recuperação funcional no início do processo de reprogramação. Os animais andavam melhor e isso se estendeu a instantes de tempo muito posteriores”, ressaltou a cientista. Embora a pesquisa de laboratório se concentre em pequenos astrócitos e neurônios, o resultado para o paciente está sempre em sua mente.

O trabalho de pesquisa sofreu uma reviravolta pessoal há dois anos, quando um parente próximo da pesquisadora sofreu uma lesão cerebral traumática como resultado de um acidente. Testemunhar o processo de recuperação em andamento destacou o impacto potencial da pesquisa da Dra. Maryam Faiz, que poderia ser aplicada à recuperação de derrame – mas também no tratamento de doenças de Parkinson ou Alzheimer ou lesão cerebral traumática.

Embora os resultados iniciais da recuperação na pesquisa em animais sejam promissores, pouco se sabe sobre como os neurônios reprogramados se integram aos circuitos do cérebro.

Com acesso a um financiamento interno da Faculdade, a Dra. Faiz espera entender o que acontece em diferentes períodos durante o processo de recuperação de um AVC e como a reprogramação celular pode contribuir para a recuperação e reparo do cérebro.

“Nosso estudo vai responder a questões [ainda existentes] e nos ajudar a entender se e como esses neurônios recém-gerados são responsáveis ​​pela recuperação da função que segue a reprogramação neuronal”, concluiu a pesquisadora.

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Toronto (em inglês).

Fonte: Blake Eligh, Universidade de Toronto. Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account