Notícia

Padrão de sono pode afetar início da doença de Alzheimer

Neurocientistas da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos Estados Unidos, encontraram uma maneira de estimar quando a doença de Alzheimer poderá começar durante a vida de uma pessoa, com base em seu padrão de sono

Getty Images

Fonte

Universidade da Califórnia em Berkeley

Data

terça-feira, 8 setembro 2020 12:15

Áreas

Neurociências. Saúde Pública.

O que você faria se soubesse quanto tempo tem até ter a doença de Alzheimer? Não se desespere. Uma nova pesquisa da Universidade da Califórnia em Berkeley (UC Berkeley), nos Estados Unidos, sugere que uma defesa contra essa forma de demência – para a qual não existe tratamento atualmente – é o sono profundo e restaurador, e muito sono.

Os neurocientistas Dr. Matthew Walker e Joseph Winer encontraram uma maneira de estimar, com algum grau de precisão, quando a doença de Alzheimer poderá começar durante a vida de uma pessoa, com base em seu padrão de sono.

“Descobrimos que o sono que você está tendo agora é quase como uma bola de cristal informando quando e quão rápido a patologia de Alzheimer se desenvolverá em seu cérebro”, disse o Dr. Walker, professor de Psicologia e Neurociência da UC Berkeley e autor sênior do artigo publicado na revista científica Current Biology.

“O lado bom aqui é que há algo que podemos fazer a respeito. O cérebro se ‘lava’ sozinho durante o sono profundo e, portanto, pode haver a chance de voltar no tempo dormindo mais cedo”, destacou o pesquisador.

O Dr. Walker e outros pesquisadores compararam a qualidade do sono durante a noite de 32 idosos saudáveis ​​com o acúmulo em seus cérebros da placa tóxica conhecida como beta-amiloide, um elemento-chave no início e progressão do Alzheimer, que destrói as vias de memória e outras funções cerebrais e atinge mais de 40 milhões de pessoas em todo o mundo.

Suas descobertas mostram que os participantes do estudo que começaram experimentando um sono mais fragmentado e com menos movimentos oculares não rápidos (não REM) eram mais propensos a mostrar um aumento na beta-amiloide ao longo do estudo.

Embora todos os participantes tenham permanecido saudáveis ​​durante o período do estudo, a trajetória do crescimento de beta-amiloide se correlacionou com a qualidade do sono basal. Os pesquisadores foram capazes de prever o aumento das placas de beta-amiloide, que se acredita marcar o início do Alzheimer.

Um alerta

“Em vez de esperar que alguém desenvolva demência muitos anos depois, podemos avaliar como a qualidade do sono prevê mudanças nas placas de beta-amiloide em vários instantes de tempo. Ao fazer isso, podemos medir a rapidez com que essa proteína tóxica se acumula no cérebro ao longo do tempo, o que pode indicar o início da doença de Alzheimer ”, disse Joseph Winer, principal autor do estudo e doutorando do Centro de Ciências do Sono Humano na UC Berkeley.

Além de prever o tempo que provavelmente levará para o início do Alzheimer, os resultados reforçam a ligação entre sono insatisfatório e a doença. Embora estudos anteriores tenham descoberto que o sono ‘limpa’ o cérebro dos depósitos de beta-amiloide, essas novas descobertas identificam o sono profundo de ondas lentas não REM como o alvo da intervenção contra o declínio cognitivo.

Embora os testes genéticos possam prever a suscetibilidade inerente ao Alzheimer e os exames de sangue ofereçam uma ferramenta de diagnóstico, nenhum dos dois oferece o potencial para uma intervenção terapêutica no estilo de vida que o sono oferece, apontam os pesquisadores.

“Se o sono restaurador profundo pode retardar a doença, devemos torná-lo uma grande prioridade. E se os médicos souberem dessa conexão, eles podem perguntar a seus pacientes mais velhos sobre a qualidade do sono e sugerir o sono como estratégia de prevenção”, concluiu o pesquisador.

Dicas para melhorar a qualidade do sono

  • Mantenha uma rotina regular de sono, indo para a cama e acordando no mesmo horário todos os dias.
  • Como parte de uma rotina de relaxamento noturno, evite ver telas de computador, smartphone e TV na última hora antes de dormir e mantenha telefones e outros dispositivos digitais fora do quarto.
  • Pratique algum tipo de exercício físico durante o dia.
  • Obtenha exposição à luz natural do dia, especialmente na primeira metade do dia.
  • Evite estimulantes, como a cafeína, e sedativos, como o álcool, no final do dia.
  • Se você não consegue dormir, saia da cama e faça uma atividade relaxante longe do quarto, como ler com pouca luz. Só volte para a cama quando estiver com sono.
  • Faça um teste de apneia do sono se você ronca muito e/ou se sente excessivamente cansado durante o dia.
  • Consulte seu médico se estiver sofrendo de insônia e pergunte sobre a terapia cognitivo-comportamental para insônia (TCCI).

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade da Califórnia em Berkeley (em inglês).

Fonte: Yasmin Anwar, Universidade da Califórnia em Berkeley. Imagem: Getty Images.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account