Notícia

Novo exoesqueleto melhora a eficiência da caminhada

Resultados de exoesqueleto projetado por pesquisadores da Universidade Queen’s, no Canadá, foram publicados na revista Science

Divulgação, Universidade Queen's

Fonte

Universidade Queen's

Data

quarta-feira, 2 junho 2021 06:05

Áreas

Biomecânica. Engenharia Biomédica. Fisioterapia. Ortopedia. Reabilitação.

A ciência da caminhada está dando seu próximo passo com a ajuda de um exoesqueleto exclusivo que permite que os usuários andem mais usando menos energia. Desenvolvido por uma equipe multidisciplinar da Faculdade de Engenharia e Ciência Aplicada da Universidade Queen’s, no Canadá, o protótipo montado em uma mochila remove energia durante uma fase específica do ciclo da marcha, diminuindo o custo metabólico da caminhada. Detalhes do desenvolvimento e avaliação do dispositivo foram publicados na revista Science.

Ao contrário das tecnologias de exoesqueleto existentes que adicionam energia ou a transferem de uma fase do ciclo da marcha para outra, o novo dispositivo auxilia os usuários removendo energia que ajuda os músculos do joelho durante um momento crítico – a fase de balanço terminal.

A equipe prevê a tecnologia – que pesa pouco mais de 0,5 kgf – permitindo que os caminhantes percorram distâncias maiores ou ajudando profissionais da saúde a ficarem menos cansados após um longo turno de trabalho.

Além de auxiliar o usuário, o dispositivo converte a energia removida em eletricidade que pode ser usada para alimentar o sistema de controle do dispositivo e outros dispositivos portáteis. Esta capacidade de captação de energia pode ser particularmente útil para pessoas que viajam a pé em locais remotos, permitindo-lhes carregar telefones celulares ou dispositivos GPS. O Dr. Yan-Fei Liu, professor de Engenharia Elétrica e de Computação e coautor do estudo, liderou o desenvolvimento da eletrônica de potência do dispositivo.

A abordagem interdisciplinar da equipe incluiu elementos de biomecânica , fisiologia, interações homem-máquina e design inovador. Grande parte dessa pesquisa foi conduzida no Human Mobility Research Center, uma instalação do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Queen’s equipada com tecnologia de análise de marcha de classe mundial.

Assista ao vídeo de apresentação da tecnologia (em inglês):

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Queen’s (em inglês).

Fonte: Dave Rideout, Universidade Queen’s. Imagem: Divulgação, Universidade Queen’s.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account