Notícia

Nova tecnologia de imagens médicas permite visualização detalhada do coração humano

Pesquisadores criaram visualização 3D do coração humano por meio de nova tecnologia baseada em ressonância magnética

macrovector via Freepik

Fonte

King's College de Londres

Data

quinta-feira, 25 janeiro 2024 12:40

Áreas

Cardiologia. Engenharia Biomédica. Física Médica. Imagens e Diagnóstico. Informática Médica. Medicina. Modelagem Matemática. Processamento de Imagens. Radiologia.

A Dra. Claudia Prieto e o Dr. René Botnar, em conjunto com suas equipes de pesquisa da Escola de Engenharia Biomédica e Ciências da Imagem do King’s College de Londres (KCL), no Reino Unido, desenvolveram uma nova solução tecnológica para fornecer imagens 3D de todo o coração humano de uma forma inovadora, eficiente e não invasiva.

A tecnologia é baseada em novos métodos avançados de aquisição, reconstrução e processamento de dados de ressonância magnética, desenvolvidos em colaboração com equipes locais e globais da Siemens Healthineers.

“Nossa equipe desenvolveu uma solução muito inovadora para gerar imagens 3D de alta resolução do coração inteiro em poucos minutos e com respiração livre. Pela primeira vez, uma representação detalhada do coração pode ser alcançada em um tempo de aquisição clinicamente viável com ressonância magnética e com um alto nível de automação e eficiência, tornando esta uma solução quase ‘de botão’, para a qual esperamos uma rápida adoção [na prática] clínica”, disseram os pesquisadores.

As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de mortalidade em todo o mundo. A ressonância magnética pode ajudar a avaliar essas doenças de forma não invasiva, retratando a vasculatura torácica (incluindo os pequenos vasos das artérias coronárias), bem como avaliar o tecido miocárdico e a viabilidade cardíaca. Convencionalmente, no entanto, a aquisição rotineira de tais imagens de ressonância magnética em detalhes tem sido dificultada por tempos de aquisição prolongados e por uma dependência significativa do operador e do paciente.

A estrutura recentemente desenvolvida baseia-se na aquisição subamostrada de dados de ressonância magnética, combinada com um algoritmo de reconstrução que considera as deformações relacionadas aos movimentos induzidos pela respiração.

As abordagens mais tradicionais exigiriam, de fato, que o paciente prendesse a respiração ou uma rejeição ineficiente dos dados de imagem no caso da respiração livre. Diferentemente, a nova abordagem permite a aquisição de imagens nítidas sem apneia mesmo em indivíduos com padrões respiratórios irregulares, comuns em pacientes cardíacos. Além disso, a nova tecnologia simplifica as aquisições de ressonância magnética, automatizando várias etapas do exame que, de outra forma, exigiriam interação manual, melhorando assim a usabilidade e potencialmente limitando as imprecisões dependentes do operador.

“Estamos muito orgulhosos de trazer esta nova tecnologia para o produto. O 3D WholeHeart Pro permitirá aos médicos visualizar o coração em três dimensões com imagens de ressonância magnética de alta resolução. Além disso, esperamos que o fluxo de trabalho cardíaco automatizado contribua para operações simplificadas no ambiente hospitalar, o que, por sua vez, pode aumentar o acesso a imagens de ressonância magnética para mais pacientes cardíacos. Parcerias de colaboração como a do King’s College, onde a cocriação acontece em sinergia com a nossa experiente equipe de desenvolvimento local, são fundamentais para a inovação e para o avanço da tecnologia – para o benefício final dos pacientes”, disse Andreas Schneck, diretor de Ressonância Magnética da Siemens Healthineers.

A pesquisa e o desenvolvimento de métodos de aquisição e reconstrução de dados de ressonância magnética ocorreram principalmente no Hospital St. Thomas, em Londres, em colaboração com a equipe local da Siemens Healthineers (Dr. Karl Kunze e Dr. Radhouene Neji). Ao mesmo tempo, os novos recursos de automação foram desenvolvidos pela equipe de Pesquisa e Desenvolvimento de ressonância magnética cardiovascular na sede da Siemens Healthineers em Erlangen, na Alemanha (Dra. Michaela Schmidt, Dr. Jens Wetzl e Dr. Seung Su Yoon). Como parte deste esforço colaborativo, a estrutura inovadora foi implantada e testada pela primeira vez no Hospital St. Thomas, levando a um grande número de publicações em revistas médicas revisadas por pares.

Após as primeiras fases de desenvolvimento em Londres, a solução foi divulgada e validada em cerca de 20 outras instituições em todo o mundo, incluindo parceiros nos EUA, Alemanha, Suíça, Dinamarca, Holanda, China, Brasil, Hungria, Grécia e outros.

A tecnologia desenvolvida está agora sendo utilizada como base de uma solução de produto da Siemens Healthineers, líder global em imagens médicas. O produto está atualmente em desenvolvimento e não está disponível comercialmente. O aplicativo, chamado 3D WholeHeart Pro, está sendo apresentado na conferência global da Society for Cardiovascular MRI, que acontece em Londres entre os dias 25 e 28 de janeiro.

Acesse a notícia completa na página do King’s College de Londres (em inglês).

Fonte: King’s College de Londres. Imagem: macrovector via Freepik.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account