Notícia

Nanofotônica e novos equipamentos para diagnóstico

Pesquisadores da Universidade de Cambridge desenvolvem novos métodos de diagnóstico usando a nanofotônica

Crédito da Imagem: Gen Kamita e Jeremy Baumberg

Fonte

Universidade de Cambridge

Data

quarta-feira, 25 junho 2014 10:20

Áreas

Fotônica. Diagnóstico.

A equipe do Professor Jeremy Baumberg, da Universidade de Cambridge (Reino Unido) é especialista em nanofotônica – o controle de como a luz interage com pequenas porções de matéria, em nanoescala. Um campo da física que era desconhecido há 20 anos. A ideia por trás da nanofotônica é que a mudança da estrutura de materiais na escala de poucos átomos pode ser usada ​​para alterar não só a forma como a luz interage com o material, mas também suas propriedades funcionais.

Uma das mais recentes descobertas da equipe parece ter aplicações em diagnósticos médicos. “Nós estamos começando a aprender como podemos fazer materiais que respondem opticamente à presença de moléculas individuais em fluidos biológicos“, explicou Dr. Baumberg.

Uma técnica utilizada em diagnósticos médicos é a espectroscopia de Raman, que detecta a presença de uma molécula por sua ‘assinatura óptica’. Ela mede o quanto a luz é alterada quando encontra uma molécula, o que por sua vez depende das ligações dentro da molécula. No entanto, precisa haver muita sensibilidade para captar esses sinais.

Dr. Baumberg tem trabalhado com o Dr. Oren Scherman, diretor do Laboratório de Síntese de Polímeros, em uma forma completamente nova de sentir as moléculas que tem desenvolvido usando um recipiente molecular em forma de barril chamado Cucurbituril (CB). Agindo como um pequeno tubo de ensaio, o CB permite que moléculas individuais possam entrar em sua forma de barril, efetivamente isolando-as a partir de uma mistura de moléculas.

Com financiamento do Conselho de Pesquisa em Engenharia e Ciências Físicas e também de empresas, Dr. Baumberg e Dr. Scherman começaram o processo de desenvolvimento de seus sensores de plasma para testar fluidos biológicos como urina e lágrimas, para usos como a detecção de neurotransmissores no cérebro e incompatibilidades de proteínas entre mãe e feto.

Fonte: Portal da Universidade de Cambridge

Crédito da Imagem: Gen Kamita e Jeremy Baumberg

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account