Notícia

Hospital Santa Paula cria espaço para integrar transformação digital, inovação, empreendedorismo e atendimento humanizado

Divulgação

Fonte

Hospital Santa Paula

Data

terça-feira, 23 julho 2019 12:45

Áreas

Inovação Tecnológica. Gestão Hospitalar. Gestão da Saúde.

O setor da saúde, incluindo profissionais, estabelecimentos e até mesmo entidades de classe, é historicamente tradicional. Porém, o movimento de viés tecnológico das últimas décadas pode dar uma contribuição significativa ao desenvolvimento do setor. Para além das fábricas e do e-commerce, a Saúde também já está integrando conceitos como internet das coisas (IOT) e processos automatizados, componentes da chamada indústria 4.0. Neste caso, a produção digital associa-se a máquinas, produtos, sistemas e usuários.

No Hospital Santa Paula, em São Paulo, a transformação digital já é uma realidade e com muitas oportunidades em vista. “Na área médica lidamos com qualidade e segurança e é nisto que o processo de transformação mais nos auxilia. Para nosso corpo assistencial, a digitalização e virtualização de processos já implica em uma formação diferenciada para integrar ferramentas que geram e processam os diferentes dados coletados. Obviamente, não podemos abrir mão de um conhecimento prático profundo da profissão. Mesmo os médicos de nosso corpo clínico já se mostram familiarizados com a digitalização. E esse processo não foi nada traumático. Pelo contrário. Quando eles observaram e continuam com esse olhar de que conceitos como big data e integração de dados são benéficos e contribuem com seu trabalho, a aceitação é imediata. A Inteligência artificial apoia mas não substitui a equipe multidisciplinar, na melhoria continua dos processos assistenciais”, explica Paula Gallo, gerente de negócios estratégicos do Hospital Santa Paula.

Recentemente, o hospital recebeu a Certificação Internacional da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) estágio 7 (grau máximo), uma das associações internacionais de maior prestígio mundial no setor de saúde. A instituição foi a primeira de São Paulo a conquistar o nível máximo da EMRAM – Electronic Medical Record Adoption Model –, se consolidando como hospital totalmente digital (sem uso de papel). “É importante observar que a digitalização total permite à instituição o uso de diversas ferramentas para a segurança do paciente, fazendo com que medicações, exames e procedimentos sejam mais bem controlados, evitando eventos adversos. No Hospital Santa Paula, a utilização da IOMT – Internet of Medical Things – ja é corriqueira, apoiando a instituição com mobilidade e orquestração de múltiplos dispositivos que integram no prontuário eletrônico todos os dados do paciente. A informação é capturada dos equipamentos direto para o prontuário dele. Neste ambiente de conectividade extrema e interoperabilidade, não podemos esquecer da segurança e confidencialidade dos dados do paciente, dados estes de grande valor para a instituição e de alto valor para hackers”, destaca Paula Gallo.

Neste cenário, a gestora destaca três desafios estratégicos:

  1. Pessoas: como qualificar os recursos humanos frente às grandes mudanças que são enfrentadas todos os dias e promover a retenção de talentos, frente ao constante assédio pela grande valor do capital humano;
  2. Processos: neste ambiente VUCA (da sigla em inglês para Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade), característico da Economia 4.0, o aprender e desaprender torna-se um fator presente no dia a dia;
  3. Tecnologia: a incorporação tecnológica se faz não somente no âmbito da assistência, novos modelos de equipamentos para diagnostico, monitorização ou robótica para procedimentos cirúrgicos. A incorporação do quesito Inteligência Artificial já impacta a nossa rotina diária e seguramente nos provocará um verdadeiro tsunami de dados.

Frente a estes desafios, o Hospital Santa Paula tomou a iniciativa da criação do Inovalab, ambiente para a cocriação de demandas  presentes e futuras nestas três esferas. A ideia é que o Inovalab seja um laboratório de inovação aberto, comprometido em captar, desenvolver e auxiliar o desenvolvimento de cada ideia até o chamado produto mínimo viável. “Em parcerias com startups e heathtechs e estimulando o ambiente interno para desenvolver soluções, entendemos que a qualificação de nosso time trará o resultado necessário para “surfar”a próxima onda que já inunda nossa praia. Design Thinking, Lean, Canvas, MVP, Scrum e pivotagem são jargões presentes no vocabulário do Hospital Santa Paula”, destaca Paula Gallo, que também é idealizadora do HSP Inovalab.

Acesse a página do HSP Inovalab.

Acesse a página do Hospital Santa Paula no Portal Tech4Health.

Fonte: Hospital Santa Paula. Imagem: Divulgação.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account