Notícia

Filhos de pai obeso podem ter risco de diabetes atenuado se a mãe pratica exercícios físicos antes e durante a gravidez

Pesquisa pré-clínica em animais sugere que as mães que se exercitam antes e durante a gravidez podem diminuir o risco de o filho desenvolver diabetes devido à obesidade do pai

Lucas Favre via Unsplash

Fonte

Universidade Victoria

Data

quarta-feira, 22 julho 2020 13:10

Áreas

Educação Física. Metabolismo. Saúde da Mulher. Saúde da Criança.

O Dr. Glenn McConell e o Dr. Filippe Falcao-Tebas, pesquisadores australianos que estudam metabolismo e exercícios, descobriram que as mulheres grávidas que se exercitam podem “reprogramar” a baixa sensibilidade à insulina e a maior probabilidade de diabetes de filhos de pai obeso.

Embora seja sabido que filhos de mães com excesso de peso têm um risco aumentado de diabetes, este estudo é o primeiro a considerar se as mães que se exercitam durante a gravidez podem interromper um ciclo de disfunção metabólica causada pelo pai obeso.

“Sabemos que a obesidade induzida pela dieta pode afetar os espermatozoides, mas nenhum estudo analisou como a atividade física da mãe durante o período crucial da gestação pode ajudar a modificar a influência do pai obeso”, disse o professor Glenn McConell, da Universidade Victoria, na Austrália.

O estudo envolveu camundongos fêmeas saudáveis, reproduzindo-se com camundongos machos, alimentados com uma dieta rica em gordura, indutora de obesidade. Um grupo de animais realizou exercícios moderados em uma esteira cinco vezes por semana por até uma hora, antes e durante a gestação. Outro grupo controle permaneceu sedentário.

Os filhos adultos foram avaliados quanto à sua sensibilidade à glicose e à insulina, ao consumo de glicose no músculo esquelético e à estrutura do pâncreas – o órgão que produz o hormônio insulina, que mantém os níveis saudáveis ​​de açúcar no sangue.

Os resultados mostraram que filhos de pais obesos e mães sedentárias apresentaram baixa sensibilidade à insulina no músculo esquelético e baixa secreção de insulina em comparação com os filhos cujas mães se exercitavam.

As descobertas, provavelmente relevantes para os seres humanos, baseiam-se em evidências crescentes que sugerem que fatores antes e durante a gravidez podem afetar o risco da doença crônica na prole.

“O estudo fornece evidências pré-clínicas de estratégias que poderiam ser usadas para prevenir doenças crônicas, e é uma base sólida para futuros estudos em humanos e, finalmente, a modificação das políticas públicas de saúde”, destacou o professor McConell.

O Dr. Falcao-Tebas, da Universidade Monash, também na Austrália, conduziu a pesquisa na Universidade Victoria sob a supervisão do professor McConell como parte de seu doutorado. Ele disse que o próximo passo visa usar a epigenética – o estudo de mecanismos que ligam e desligam os genes – para investigar os genes do músculo esquelético e do pâncreas dos filhos nascidos de mães que praticaram exercícios.

O estudo, que indica que o exercício materno atenua a captação mais baixa de glicose no músculo esquelético e a secreção de insulina causada pela obesidade paterna na prole de camundongos adultos, foi publicado na revista científica The Journal of Physiology.

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Victoria (em inglês).

Fonte: Ann Marie Angebrandt, Universidade Victoria. Imagem: Lucas Favre via Unsplash.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account