Notícia

Exercício físico moderado ao longo da gravidez reduz o risco de depressão perinatal

Estudo recente de pesquisadores espanhóis mostra que o exercício físico moderado e supervisionado desenvolvido ao longo da gravidez influencia positivamente a redução do risco de depressão materna perinatal

Divulgação

Fonte

Universidade Politécnica de Madrid

Data

segunda-feira, 8 outubro 2018 12:00

Áreas

Medicina. Educação Física. Saúde da Mulher.

A gravidez e especialmente o do parto representam para as gestantes momentos de grande labilidade emocional que podem alterar seu desenvolvimento normal. Os riscos, alterações e consequências são muitos e podem afetar não apenas o bem-estar materno, mas também o recém-nascido. Entre as complicações mais comuns está a depressão materna, que é provavelmente a mais comum e que atualmente apresenta um crescimento preocupante. Nesse sentido, publicações recentes relatam uma prevalência entre 5% e 20% de depressão perinatal.

Um estudo recente conduzido por pesquisadores da Universidade Politécnica de Madrid (UPM),  em colaboração com o Hospital Universitário de Torrejón de Madrid, ambos na Espanha, mostra que o exercício físico supervisionado e moderado desenvolvido durante toda a gravidez influencia positivamente a redução do risco de depressão perinatal materna.Os resultados desta pesquisa mostram que as mulheres que participam de um programa de grupo de exercícios físicos durante a gravidez reduzem o risco de sofrer depressão perinatal em mais de 40%.

O estudo consistiu em um ensaio clínico randomizado realizado com 124 mulheres grávidas saudáveis. Os resultados, publicados na revista científica British Journal of Sports Medicine, são parte de tese de doutorado recentemente defendida na Faculdade de Atividade Física e Ciências do Esporte da UPM. Na opinião da autora, a Dra. Marina Vargas Terrones, “está cientificamente provado que os benefícios do exercício físico em grupo e moderado durante a gravidez transcendem o campo fisiológico e também devem ser usados ​​como elemento para prevenir distúrbios emocionais durante a gravidez”.

“É necessário continuar pesquisando neste campo e as expectativas que geram os possíveis benefícios do exercício físico moderado durante a gestação para o bem-estar materno, fetal e do recém-nascido são incalculáveis e ao mesmo tempo significativamente esperançosas”, explica o Dr. Ruben Barakat, um dos pesquisadores do estudo.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade Politécnica de Madrid (em espanhol).

Fonte: Universidade Politécnica de Madrid. Imagem: Divulgação.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account