Notícia

Exames de imagens do Hospital das Clínicas em Curitiba serão gerenciados digitalmente

HC da UFPR implementa tecnologia digital

EBSERH

Fonte

EBSERH

Data

domingo, 11 janeiro 2015 18:15

Áreas

Imagens Médicas.

O Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) renova seu parque tecnológico e passa a contar o RIS/PACS. A sigla vem da expressão inglesa que designa o sistema que organiza e gerencia os exames de imagens. Com isso, esses exames saem da era analógica para a digital. O lançamento do sistema aconteceu no dia 22 de dezembro com a inauguração da nova sala de laudos e apresentação do sistema aos presentes. O HC é filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

Os exames de imagens, a maioria de alta complexidade, já são digitais, porém seus laudos e diagnósticos ainda são impressos, o que, com a nova tecnologia não acontecerá mais.

Após três meses de estudos e preparação, o RIS/PACS começa suas atividades atendendo, inicialmente, os exames de tomografia, ressonância magnética e ultrassom da Unidade Hematologia e Oncologia (UHHO), escolhida como referencial por sua complexidade e por ter conexão com todos os outros serviços do hospital. Ainda no primeiro semestre de 2015, o sistema estará totalmente implementado e atendendo todo o HC e abrangerá todos os exames de imagens.

São realizados no HC, mensalmente, cerca de 5 mil raios-x, mil tomografias, 1,6 mil ultrassonografias, 200 ressonâncias magnéticas e 200 mamografias. Entre fixadores, reveladores, filmes, películas e envelopes, o Hospital de Clínicas despendeu cerca de R$120 mil, somente no primeiro semestre de 2014.

A maior alteração acontecerá com os exames de raio-x, que não terão mais as chapas e, com isso, haverá redução de custos e uma grande diminuição de impacto ambiental, uma vez que elas são compostas de plástico (acetato), proveniente do petróleo, e prata, um metal pesado. João Tilly, supervisor de procedimentos radiológicos da Unidade de Imagens (Unir), ressaltou que os exames que demoravam, em média, dois dias entre a realização, revelações e laudos, “poderão ter todas as informações em 20 minutos e que, num futuro muito próximo, serão online”.

Fonte:  EBSERH, com informações do HC-UFPR

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account