Notícia

Dispositivo pode ajudar pacientes a dormir mais profundamente e melhorar qualidade de vida

Dispositivo SleepLoop pode aumentar ou reduzir o sono profundo dos pacientes reproduzindo ‘ruído rosa’

Divulgação, Universidade de Zurique

Fonte

Universidade de Zurique

Data

terça-feira, 5 setembro 2023 12:15

Áreas

Bioeletrônica. Bioengenharia. Biologia. Doenças Neurodegenerativas. Engenharia Biomédica. Neurociências. Neurologia. Saúde Pública. Sono.

Nos ciclos de sono profundo, que ocorrem todas as noites, os neurônios do cérebro sincronizam a sua atividade e começam a oscilar lentamente em ondas ‘eletrônicas’. É quando o cérebro faz as suas ‘tarefas domésticas’, por assim dizer: processa as novas informações aprendidas durante o dia e consolida a nossa memória. Corpo e mente podem se recuperar e se preparar para o dia que está por vir. “Quanto maiores forem essas ondas, ou maior sua amplitude, mais profundo e repousante será o nosso sono”, disse a Dra. Angelina Maric, psicóloga e bióloga da Universidade de Zurique, na Suíça. Ela está pesquisando como o sono afeta a saúde e o cérebro, em particular.

Sono insatisfatório

Um sono insatisfatório pode afetar nosso desempenho e também nossa saúde. Dormir pouco pode nos deixar exaustos no dia seguinte, reduzindo a capacidade de concentração, comprometendo o controle de impulsos, enfraquecendo o sistema imune e aumentando o risco de microssono (como adormecer alguns segundos durante o dia). E isso torna os acidentes mais prováveis. Em longo prazo, a falta de sono profundo sobrecarrega o cérebro, tornando-o mais suscetível a doenças neurodegenerativas, como Parkinson e Alzheimer. “Para reforçar a prevenção, é portanto importante garantirmos que dormimos bem”, afirmou a Dra. Angelina Maric.

Claro, isso é mais fácil dizer do que fazer. Os distúrbios do sono são muito comuns hoje em dia e podem ser causados por uma ampla gama de fatores. O estresse excessivo, bem como razões fisiológicas, como a síndrome das pernas inquietas, podem impedir que as pessoas adormeçam ou tenham uma noite inteira de sono. E, quanto mais envelhecemos, mais leve se torna o nosso sono. Os idosos geralmente dormem menos que os jovens e não tão profundamente.

Alzheimer e ao Parkinson

Os distúrbios do sono também podem ser causados por doenças. Muitas pessoas com Parkinson ou Alzheimer têm problemas para dormir. “O sono insatisfatório está intimamente ligado a ambas as condições”, disse a pesquisadora. As consequências negativas são duplas. Em primeiro lugar, a falta de sono profundo pode levar a uma acumulação de proteínas indesejadas nos vasos sanguíneos, o que pode acelerar ainda mais a progressão de doenças neurodegenerativas. E, segundo, a privação de sono aumenta o risco de quedas em pessoas com Parkinson.

Para diminuir este risco e ajudar a travar a progressão da doença, é portanto importante que pacientes com Parkinson e Alzheimer tenham uma boa noite de descanso e durmam o mais profundamente possível. A pesquisa da Dra. Angelina Maric concentra-se em ajudar os pacientes a fazê-lo através de um novo método. A pesquisadora da Universidade de Zurique está envolvida no Projeto SleepLoop.

Novo dispositivo

O dispositivo SleepLoop é uma espécie de metrônomo que regula as ondas elétricas cerebrais durante o sono profundo, afirmou a pesquisadora. Estudos realizados pela equipe de projeto do SleepLoop com pessoas saudáveis mostraram que o método funciona e pode melhorar o sono das pessoas.

Num estudo recente, a Dra. Angelina Maric também conseguiu demonstrar um efeito positivo em pacientes com Parkinson. Para o estudo experimental, pessoas com Parkinson usaram o dispositivo inteligente em casa durante duas semanas – com resultados altamente encorajadores. “Eles ficavam menos sonolentos pela manhã e geralmente se sentiam melhor do que antes”, disse a pesquisadora do sono. Apesar destas descobertas promissoras, ainda não está claro se o método também produzirá efeitos positivos em longo prazo e se pode ter um impacto positivo na progressão da doença, como suspeitam os pesquisadores. É por isso que eles estão planejando um estudo de longo prazo para investigar estas questões.

Dicas para melhorar a qualidade do sono

Para melhorar a qualidade do sono, a pesquisadora Angelina Maric faz as seguintes recomendações:

  • Respeite uma hora de dormir definida;
  • Ir para a cama e acordar nos mesmos horários todos os dias fortalece seu ritmo circadiano interno;
  • Adote uma atitude positiva: não vá para a cama até estar cansado. Os rituais da hora de dormir podem ajudá-lo a ter uma atitude positiva em relação ao sono e evitar o estresse que afeta negativamente o seu sono;
  • Evite fazer exercícios antes de dormir;
  • O esforço físico e mental antes de dormir pode ter um efeito ativador e dificultar o adormecimento. É melhor relaxar e fazer atividades calmas;
  • Crie um bom ambiente para dormir;
  • Um quarto fresco, escuro e silencioso pode ajudá-lo a adormecer;
  • Reduza a ingestão de estimulantes à noite;
  • O consumo de estimulantes como cafeína, nicotina e álcool pode causar problemas de sono.

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Zurique (em inglês).

Fonte: Roger Nickl e Philip Isler, Universidade de Zurique. Imagem: Divulgação, Universidade de Zurique.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account