Notícia

Detecção aprimorada de fibrilação atrial por meio de novos dispositivos pode prevenir um número significativo de derrames

Resultados do estudo clínico devem mudar significativamente a forma como os médicos monitoram a fibrilação atrial em pacientes com AVC

Divulgação, Universidade de Alberta

Fonte

Universidade de Alberta

Data

sábado, 5 junho 2021 14:15

Áreas

Cardiologia. Engenharia Biomédica. Medicina. Neurociências.

Novo estudo clínico que examinou a eficácia de dois dispositivos para monitorar e detectar fibrilação atrial (FA), ou batimento cardíaco irregular, em pacientes com AVC isquêmico – um é um dispositivo implantável que monitora por mais de 12 meses, o outro um dispositivo externo que monitora por 30 dias – descobriu que o dispositivo implantável é mais de três vezes mais eficaz na detecção da FA e ambos são uma melhoria significativa em relação ao padrão atual de atendimento em Alberta, no Canadá.

O estudo ‘Detecção de Ritmo Pós-Embólico com Implantável Versus Monitoramento Externo (PERDIEM)‘, conduzido conjuntamente por pesquisadores da Universidade de Alberta e da Universidade de Calgary, no Canadá, foi publicado na revista científica JAMA. Espera-se que as descobertas mudem significativamente a prática de como os médicos observam a FA em pacientes de Alberta após acidente vascular cerebral isquêmico.

“Sabemos que (o método atual de monitoramento) não é tão eficaz quanto poderia ser para detectar fibrilação atrial neste estudo porque, independentemente de qual alternativa do estudo os pacientes tenham entrado, conseguimos detectar de 5% a 15% mais casos de fibrilação atrial”, disse o Dr. Brian Buck, neurologista e professor de Medicina na Universidade de Alberta.“ Descobrimos no estudo que havia muitos pacientes com fibrilação atrial não detectada, mesmo depois de terem recebido o monitoramento cardíaco padrão”.

A fibrilação atrial causa cerca de um em cada quatro acidentes vasculares cerebrais em Alberta. Detectá-la precocemente é a chave para prevenir outros derrames incapacitantes em pacientes que já sofreram derrame isquêmico, um tipo de derrame causado por um bloqueio em uma artéria que fornece sangue ao cérebro. Se a fibrilação atrial for detectada, os médicos têm tratamentos – principalmente anticoagulantes – que podem reduzir o risco de derrame em quase 70%.

O teste padrão em Alberta para FA é um monitor de eletrocardiograma de 24 horas. No estudo PERDIEM, 300 pacientes de Alberta que sofreram derrame foram randomizados para um dos dois novos dispositivos que podem monitorar a FA por períodos mais longos. O estudo mostrou que o dispositivo implantável detectou três vezes mais FA do que o monitor de 30 dias (15% versus 5%). Todos os pacientes no ensaio clínico com nova FA começaram a tomar anticoagulantes.

“Não esperávamos obter um aumento tão dramático com a gravação mais longa, embora intuitivamente faça sentido”, disse o Dr. Michael Hill, coautor do estudo, professor de neurologia da Universidade de Calgary e diretor médico sênior da Rede Clínica Estratégica Cardiovascular e de Derrame dos Serviços de Saúde de Alberta. “A maioria das pessoas suspeita que as taxas de detecção se aplicam apenas a certos subtipos de AVC isquêmico. Este estudo mostrou que esta teoria não está correta”.

“Acreditamos que os pacientes que foram identificados com fibrilação atrial agora, para o resto de suas vidas, terão um risco muito menor de ter um derrame no futuro”, acrescentou o Dr. Brian Buck.

Com melhor monitoramento, os médicos podem diagnosticar muito mais casos de FA após o AVC e reduzir drasticamente o risco de um futuro AVC incapacitante. De acordo com o Escritório de Coordenação Canadense para Avaliação de Tecnologias em Saúde (CADTH), o dispositivo externo custa cerca de $ 1.000 (cerca de R$ 4,2 mil) por paciente para administrar, enquanto o dispositivo implantável normalmente custa mais de $ 5.000 (mais de R$ 20 mil) por paciente. O dispositivo implantável tem a vantagem adicional de monitoramento remoto, reduzindo a necessidade de idas ao hospital – uma consideração importante para os habitantes da zona rural. A equipe afirma que uma análise de custo-benefício aprofundada é necessária para determinar a melhor abordagem para fornecer atendimento superior e, ao mesmo tempo, proporcionar economia para o sistema de saúde.

“O maior problema do AVC é que ele causa um impacto dramático na vida das pessoas. Então, você pega uma pessoa saudável e independente com um grande derrame incapacitante e muitas vezes acaba dependendo de outras pessoas para ajudá-la em seus cuidados. Isso é terrível para os pacientes e muito caro para o sistema. Se você puder evitar até mesmo alguns daqueles grandes derrames incapacitantes por ano, isso ajuda a pessoa e reduz o fardo sobre o sistema de saúde ”, destacou o Dr. Buck.

Acesse o artigo científico completo (em inglês).

Acesse a notícia completa na página da Universidade de Alberta (em inglês).

Fonte: Ross Neitz, Revista Folio, Universidade de Alberta. Imagem: Divulgação, Universidade de Alberta.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account