Destaque

Universidade do Porto lidera rede colaborativa para encontrar soluções para a asma e outras doenças

Fonte

Universidade do Porto

Data

segunda-feira. 27 junho 2022 19:25

Uma equipe de pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), em Portugal, está desenvolvendo um projeto pioneiro com vistas a criar uma rede de pessoas com doença respiratória e cuidadores que, em colaboração com pesquisadores e médicos, participem ativamente em novos estudos. O objetivo é criar soluções que respondam às necessidades dos pacientes.

Esta rede colaborativa nasceu do projeto de pesquisa ConectAR, coordenado pela Dra. Ana Sá e Sousa (FMUP/CINTESIS), e cujo objetivo é envolver pacientes e cuidadores no avanço das pesquisas em doenças respiratórias e saúde digital, em Portugal.

Segundo os pesquisadores, “a rede ConectAR desperta grande interesse e conta já com mais de 70 pessoas com doença respiratória e cuidadores”. O projeto tem a duração de 14 meses.

De acordo com a equipe, “as doenças respiratórias são doenças debilitantes, cujas limitações muitas vezes são difíceis de serem relatadas e compreendidas pelos profissionais de saúde e, por outro lado, a forma eficaz de gestão da doença muitas vezes não é compreendida pelos pacientes”.

“A criação desta rede vai possibilitar o desenvolvimento de soluções adequadas às reais necessidades dos pacientes e cuidadores, incentivando a investigação verdadeiramente centrada no paciente”, destacaram os pesquisadores.

Desta forma, em longo prazo, os pesquisadores esperam que a rede ConectAR possa ser ampliada e abranja não só doenças respiratórias, como também outras doenças crônicas.

As doenças respiratórias crônicas, como asma e a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), são fontes de sobrecarga substanciais, incluindo morbidade, mortalidade e redução da qualidade de vida. Em Portugal, estima-se que 6,8% da população tenha asma e que quase metade dos doentes (43%) tenha a sua asma não controlada, o que está associado à pior qualidade de vida.

Acesse a notícia completa na página da Universidade do Porto.

Fonte: Mariana Moreira e Cláudia Azevedo, FMUP.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account