Destaque

Plataforma auxilia prática remota de exercícios físicos

Praticar exercícios com supervisão durante o período de pandemia ficou mais complicado. Para contornar esse obstáculo, a chegada de um novo aplicativo pode auxiliar profissionais na explicação de exercícios à distância. A plataforma Fitaro App, desenvolvida por profissionais da Fisioterapia e Educação Física, permite a prescrição de exercícios físicos e tratamentos de terapia ocupacional, fonoaudiologia e fisioterapia.

A solução foi pensada após a experiência de doutorado de Thiago Jambo Lopes na Austrália. No período de quatro anos de sua pesquisa, realizada entre 2015 e 2018, Thiago percebeu a eficiência das orientações para tratamento de pacientes que viviam em áreas remotas naquele país, e convidou Fabrício Miranda Ribeiro e Bruno de Souza Terra a trabalharem no desenvolvimento de um projeto para lidar com a prática de exercícios à distância. Em 2019, a proposta da Fitaro App saiu do papel e foi contemplada no edital Startup Rio: Apoio à Difusão de Ambiente de Inovação em Tecnologia Digital no Estado do RJ. “Nosso objetivo é fazer uma ponte entre profissionais e clientes para garantir maior aderência dos clientes ao cumprimento dos exercícios, uma vez que a baixa aderência à rotina de exercícios tem sido considerado como o principal motivo do insucesso dos tratamentos”, disse Bruno Terra, proponente do projeto.

O software permite o monitoramento à distância de clientes e pacientes a partir do envio de informações detalhadas sobre o programa de exercícios, através da plataforma, na sua interface do usuário, que indica aos clientes os exercícios que deverão ser feitos e o modo de execução a partir dos vídeos existentes na biblioteca da plataforma. Atualmente, existem cerca de 300 vídeos curtos, a maioria com até 15 segundos que exemplificam os exercícios indicados.

As gravações e edições são feitas pelos sócios: Bruno Terra e Fabrício Ribeiro, profissionais de Educação Física, e o Dr. Thiago Jambo, fisioterapeuta. Os profissionais que aderirem à solução poderão gravar seus próprios vídeos ou indicar para os produtores a necessidade de determinado exercício constar na plataforma.

Ao concluírem as tarefas, os usuários podem indicar não só a conclusão da série, como podem informar sua condição após a realização do que foi proposto, como indicar nível de dor e de esforço. “Na interface com o cliente é possível pedir feedback sobre o número de repetições, a série, carga, o nível de dor. Assim, por exemplo, é possível saber como evolui o nível de dor para o tratamento de uma lesão no joelho”, explicou Bruno Terra.

O App já está disponível online e passa por um ajuste final na plataforma para iniciar sua versão paga. Inicialmente pensado para profissionais liberais, a empresa pretende, mais adiante, trabalhar numa versão da plataforma voltada para o gerenciamento de clínicas.

Acesse a notícia na página da FAPERJ.

Fonte: Juliana Passos, FAPERJ.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account