Destaque

No RS, primeiros socorros psicológicos têm como objetivo acalmar a angústia e estreitar laços sociais

Fonte

UGFRGS | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Data

quarta-feira. 15 maio 2024 12:15

A angústia e a ansiedade causadas pelas perdas ocasionadas pela enchente e pela interrupção abrupta na vida cotidiana podem se intensificar após os momentos iniciais de resgate, tanto em adultos quanto em crianças. São inseguranças e medos que devem ser acolhidos e compartilhados não apenas em abrigos que recebem vítimas e entre as e os socorristas, mas também dentro de casa.

Para auxiliar nesse contexto, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) oferece a cartilha ‘Como auxiliar pessoas afetadas por desastres?‘. O conteúdo foi adaptado de um guia do National Child Traumatic Stress Network (NCTSN) por Mariana Valls Atz, mestra em Psicologia da Divisão de Promoção da Saúde do Departamento de Atenção à Saúde da UFRGS, e concentra as principais informações sobre Primeiros Socorros Psicológicos (PSPs). O material tem a intenção de facilitar o enfrentamento da crise a partir de ações que não configuram atendimento ou tratamento psicológico e que podem ser postas em prática por qualquer pessoa.

“Nos PSPs, avaliamos as necessidades e preocupações das pessoas e as auxiliamos no suprimento de necessidades básicas, como alimentação, água e informações. O objetivo é orientar a busca por serviços e suporte social que as ajudem a enfrentar a crise”, afirmou Mariana na introdução da cartilha.

Um dos princípios básicos dos PSPs é a promoção do senso de esperança, visto como forma de auxílio a quem sente que ‘seu mundo está falhando’. A pessoa nessas condições deve ser convidada a se engajar em atividades que a amparem na construção de uma conexão com seus próprios recursos pessoais e facilitem o início de seu processo de luto.

Acesse a notícia completa na página da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Fonte: UFRGS.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2024 tech4health t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account