Notícia

Como mãe e feto podem se comunicar através da placenta?

Cientistas da Universidade de Oxford estudam como ocorre a comunicação bioquímica entre a mãe e o feto, através das vesículas extracelulares

Unsplash

Fonte

Universidade de Oxford

Data

sexta-feira, 8 novembro 2019 11:10

Áreas

Medicina. Saúde da Mulher.

A placenta é um órgão fascinante, que permite a comunicação entre mãe e feto através da liberação de vesículas semelhantes a bolhas. As mensagens contidas nessas vesículas poderiam fornecer um alerta precoce de doenças como diabetes gestacional e pré-eclâmpsia? Cientistas como a Dra. Neva Kandzija, doutoranda em Saúde Reprodutiva e da Mulher na Universidade de Oxford, no Reino Unido, estão tentando descobrir.

Por que a placenta é especial?

Dra. Neva Kandzija –  A placenta humana é um órgão fascinante – pertence geneticamente ao feto em desenvolvimento, mas não é rejeitada pela mãe. É também um órgão humano transitório, o que significa que cresce no corpo e depois o deixa. Todos nós já fomos apegados a uma em algum momento, mas o que nossa placenta realmente fez por nós?

O principal papel da placenta é transferir nutrientes e oxigênio da mãe para o feto e remover resíduos do feto. A placenta consiste em milhares de vilosidades coriônicas que são banhadas diretamente no sangue da mãe. É através dessas vilosidades coriônicas que ocorre a troca de nutrientes e oxigênio. Essas vilosidades coriônicas também mediam a comunicação bioquímica entre a mãe e o feto, liberando pequenas estruturas semelhantes a bolhas chamadas vesículas extracelulares no sangue materno. Essas vesículas são liberadas desde o início da gravidez até o final da gravidez em quantidades gradualmente crescentes. No final da gravidez, acredita-se que três gramas de material sejam lançados na circulação da mãe a cada 24 horas. Essas vesículas carregam uma variedade de proteínas, lipídios e ácidos nucleicos que sabemos representar uma maneira de a unidade feto-placentária se comunicar com a mãe.

Podemos pensar nessas vesículas como envelopes carregando uma mensagem importante dentro. Semelhante a um envelope, na superfície da vesícula há um “endereço” que garante que a mensagem seja direcionada para o local correto.

Que pesquisas estão sendo feitas em Oxford?

Dra. Neva Kandzija – Nossa pesquisa tem foco em como as mensagens contidas nessas vesículas afetam a saúde da mãe e do bebê durante a gravidez. A gravidez geralmente é um período de grande felicidade e expectativa, mas um número significativo de gestações é afetado por doenças como diabetes gestacional (alto nível de açúcar no sangue causado pela gravidez) e pré-eclâmpsia (pressão alta causada pela gravidez). Essas doenças causam problemas de curto e longo prazo para mãe e filho. É claro que a placenta está provocando essas doenças, pois imediatamente após o parto seus sintomas desaparecem.

Queremos entender onde esses pacotes são entregues, ler a mensagem interna e verificar se há diferenças entre as mensagens enviadas em gestações normais e as que sofrem de doenças. Isso potencialmente nos ajudará a desenvolver ferramentas mais eficazes para diagnosticar e tratar doenças relacionadas à gravidez no futuro.

Acesse a notícia completa e um vídeo explicativo na página da Universidade de Oxford (em inglês).

Fonte: Neva Kandzija, Universidade de Oxford. Imagem: Unsplash.

Em suas publicações, o Portal Tech4Health da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Portal Tech4Health tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account