Notícia

Aplicativo para gerenciar fluxo de ambulâncias pode salvar vidas

Aplicativo ajuda Cruz Vermelha a gerir envio de ambulâncias na fronteira do México com Estados Unidos

Divulgação

Fonte

Universidade da Califórnia em San Diego

Data

sábado, 9 fevereiro 2019 10:00

Áreas

Computação. Aplicativos. Gestão de Serviços.

Na cidade de Tijuana, na fronteira entre Estados Unidos e México, 13 ambulâncias, uma unidade de resposta rápida com um médico de emergência e um caminhão de resgate atendem uma cidade de quase 1,7 milhão de pessoas. Com gestão da Cruz Vermelha, essas ambulâncias são despachadas por rádios, sem rastreamento em tempo real. Isso faz com que o serviço se torne  um desafio, com impactos no acesso dos pacientes aos cuidados de emergência.

Alunos da Escola de Engenharia da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD), nos Estados Unidos, estão desenvolvendo um aplicativo para dispositivos móveis que poderá mudar esse cenário, tornando mais fácil e rápido para as equipes de emergência médica fornecerem ajuda que pode salva vidas quando e onde for necessário.

“Isso é muito importante para nós”, disse o Dr. Andres Smith, presidente da Cruz Vermelha em Tijuana e diretor médico dos serviços de emergência. “Há um valor incrível  no uso desta tecnologia para servir melhor o povo de Tijuana, e na parceria entre a Cruz Vermelha e a Escola de Engenharia da UCSD.”

A atual tecnologia de liberação de ambulâncias, que é responsável por alertar as equipes médicas de emergência para pedidos de ajuda e direcioná-los para onde ir, consiste em comunicação via rádio e rastreadores de GPS rudimentares nas ambulâncias da Cruz Vermelha. “Eles têm alguns dispositivos de localização geral, mas não são confiáveis ​​e às vezes imprecisos”, disse Tim Lam, estudante de mestrado em Ciência da Computação da UCSD, que começou a trabalhar no projeto como estudante de ciência da computação.

A equipe de alunos criou um aplicativo móvel para ajudar no envio e resposta de ambulâncias. Os gerenciadores podem rastrear as unidades por meio do aplicativo, saber quais unidades estão disponíveis e quais já estão em uma chamada e, em seguida, executar a tarefa a partir da unidade mais próxima disponível para a emergência. Os alunos estão trabalhando para incorporar padrões de tráfego preditivo na interface do mapa do aplicativo, usando dados históricos e aprendizado de máquina.

O aplicativo de rastreamento e envio de ambulância foi concluído na versão inicial e está atualmente em fase de testes antes da implementação completa.

“O aplicativo ajuda a Cruz Vermelha a rastrear a localização de ambulâncias dentro da cidade e também recebe chamadas de envio”, disse Lam. “Agora, todos os gerenciadores podem ir no portal da Web, clicar em uma ambulância e clicar em ‘despachar’ e ela responderá automaticamente. Você verá as instruções ao vivo no mapa e os detalhes sobre a viagem, como o tipo de lesão que foi anunciado. ”

Além de otimizar o serviço de ambulância para fornecer atendimento mais rápido, um benefício secundário do aplicativo é que ele ajudará a Cruz Vermelha a reduzir seus custos operacionais despachando ambulâncias de forma mais eficiente. “A tecnologia que estamos desenvolvendo não é apenas para Tijuana”, explicou Lam. “Não é apenas uma coisa de uma cidade. É muito escalável. Está tudo online e é bastante flexível. ”

Depois que ela for totalmente implementada, a equipe se concentrará em usar os dados que o aplicativo está coletando para fornecer análises preditivas e mais informações à Cruz Vermelha.

Acesse a notícia completa na página da Universidade da Califórnia em San Diego (em inglês).

Fonte: Katherine Connor, UCSD. Imagem: Divulgação.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que cadastrados no Portal Tech4Health e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Portal Tech4Health, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

Entre em Contato

Enviando

2019 Portal Tech4Health | Portal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account