Prótese Bucomaxilofacial: especialidade é fundamental em diversos casos críticos

Alterar o tamanho da letra
A- | A+

Informações
Data no Tech4Health: 5 de agosto de 2017


Fonte
Conselho Regional de Odontologia de São Paulo
Data
05/08/2017
Áreas
Odontologia. Próteses. Reabilitação.

Notícia


Prótese Bucomaxilofacial (PBMF) é a especialidade da Odontologia responsável pela reabilitação protética de perdas e/ou malformações faciais, intra e extra orais ocasionadas por trauma, patologias ou distúrbios de desenvolvimento.

O especialista em prótese bucomaxilofacial produz aparelhos e dispositivos que auxiliam no tratamento de pacientes oncológicos, determinadas disfunções da articulação temporomandibular (ATM) e auxilia no desenvolvimento e manufatura de protetores usados em esportes, como os bucais e faciais.

A atuação profissional em PBMF pode ser dividida em áreas:

  • tratamento de malformações faciais, principalmente fissuras labiopalatinas;
  • tratamento de perdas maxilares e mandibulares;
  • perdas oculares e perdas faciais (oculopalpebrais, nasais e auriculares);
  • acompanhamento e auxílio no tratamento de pacientes oncológicos;
  • disfunções da articulação temporomandibular (DTM),
  • acompanhamento e auxílio no tratamento e prevenção de pacientes atletas.

 

Malformações faciais 

As fissuras labiopalatinas, como malformações faciais, são deformidades congênitas, isto é, presentes ao nascimento, que comprometem o terço médio da face. Em extensão variável, podem abranger lábio, rebordo alveolar, palato duro e palato mole. O tratamento inicia-se ao nascimento estendendo-se até a fase adulta do paciente.

Perdas maxilares e mandibulares

Os defeitos na região da maxila e mandíbula podem ser divididos em congênitos e adquiridos, sendo estes últimos subdivididos em patológicos e traumáticos. Os principais objetivos que se buscam alcançar em uma reabilitação maxilar são: mastigação, deglutição, fala e estética.

Prevenção de pacientes atletas 

A PBMF colabora na prevenção de injúrias orofaciais com a confecção de protetores esportivos bucais e faciais.

Pacientes oncológicos

As sequelas dos diferentes tratamentos oncológicos da região de cabeça e pescoço são objetos de constantes estudos e têm despertado debates entre as equipes multidisciplinares, divulgando tendências, reflexões e condutas para o planejamento de tratamentos mais adequados no sentido de aumentar a sobrevida e a qualidade de vida do paciente.

Perdas oculares

As perdas oculares podem ser congênitas ou adquiridas e subdividem-se em patológicas ou traumáticas acidentais ou intencionais. As principais funções da prótese ocular são: prevenir o colapso e a deformidade palpebral dando sustentação e tonicidade muscular; prevenir sua atresia por falta de função;  e proteger a sensível cavidade anoftálmica contra agressões por poeira, fumaça, frio e demais agentes e restaurar o contorno facial e a estética, entre outras funções.

Fonte: Conselho Regional de Odontologia de São Paulo. Imagem: Shutterstock.